Nas palavras bebo das saudades que me assolam a alma!
Nas palavras alimento a minha sede de amar!




11 de agosto de 2011

EU

"Se eu própria me bastasse, fugiria para sempre.
Do teu corpo, das mãos quentes.
Mas sou frágil como um grão de neve.
Derreto-me com leves sussurros e a ternura estonteia-me.
Sofro de constante abstinência de amor."
Pedro Paixão

2 comentários:

Lost Soul disse...

grande imagem...

beijo

Moi disse...

Lost,

De vez enquando encontram-se estas coisas na net...


Beijo com calor