Nas palavras bebo das saudades que me assolam a alma!
Nas palavras alimento a minha sede de amar!




22 de janeiro de 2012

Once upon a time...

... os meus dedos viajavam pelo chão do teu corpo, que rangia como madeira seca...
... os lábios saboreavam o doce mel dos teus lábios, que derramavas na minha boca...
... a minha mente perdia-se nos teus sentidos, como menta misturada com chocolate...


once upon a time...

4 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Moi,

Não acredito que o que é bom dura pouco.

O que é bom dura o tempo de querermos mais.

Why not again?

Beijos!
Alcides

Juan Paull disse...

Molt!Beijo:))

Moi disse...

Alcides,
Ás vezes dura aquela fracção de segundo... que se vive e não volta mais.


Sabes tenho tendência a aproveitar sempre as oportunidades quando surgem, porque podem não existir outras.





Beijos amigo
Obrigado pela presença

Moi disse...

Juan,
:))





Beijos