Nas palavras bebo das saudades que me assolam a alma!
Nas palavras alimento a minha sede de amar!




26 de novembro de 2012


E às vezes soltam-se das entranhas suspiros retidos na alma...
Lágrimas que se desprendem do ventre fértil do vazio...

5 comentários:

nikita disse...

são os suspiros mais doridos... são as lágrimas mais pesadas...

Lynce disse...

Adorei esta tua nostalgia...

Lynce disse...

Que musica lindíssima...
Beijinhos, gaja boa!

Moi disse...

nikita,
São os sentires mais profundos...







Obrigado pela visita!
Beijo

Moi disse...

Lynce,
Há dias, há horas, há momentos assim...

A música é linda mesmo, e quem fez este video já faleceu!




Beijo