Nas palavras bebo das saudades que me assolam a alma!
Nas palavras alimento a minha sede de amar!




24 de novembro de 2011

Como eu gosto de ouvir esta voz!

2 comentários:

Orquídea Selvagem disse...

A vida dela... perdeu-se! Mas a voz dela está registada e perdurará no tempo.

Escutemos então!


Beijo musical :)

Moi disse...

Orquidea,
Tens toda a razão! ;)

Escutemos!




Beijocas :-)