Nas palavras bebo das saudades que me assolam a alma!
Nas palavras alimento a minha sede de amar!




18 de novembro de 2011

Transcendente!


... a vida!
... os riscos que corremos!
... a intuição que seguimos!
... o que sentimos!







Os segundos que vivemos
numa dança (ir)racionalmente sedutora com a vida
mesmo quando se dá as mãos ao desconhecido...

12 comentários:

Dark angel disse...

Belo pensamento de fim-de-semana! E eu até digo mais :" Os segundos que vivemos numa dança (ir)racionalmente sedutora com a vida
PRINCIPALMENTE quando se dá as mãos ao desconhecido..."

Tem um excelente fim-de-semana, apesar da chuva...

Bjinho**

António Branco disse...

a atracção pelo desconhecido é arriscada. mas é ela que nos leva longe. sempre foi. ou por necessidade. ou só pela atracção em si. que pode ser também necessidade. de mudança. para não cairmos na monotonia.

Sopro Vida Sem Margens disse...

..ummm saudades de Ti!

..a vida só faz sentido agarrada às mãos dos segundos vulgares mas saborosamente desconhecidos...

Beijo daqui querida

EXOTIC - TEEN disse...

Voulait être tes larmes.

Forth de vos yeux,

Roll dans votre visage,

Je termine dans vos lèvres!



Voulait être votre salive.

Né dans la bouche,

Impliquez-vous dans votre langue,

Être prises à l'intérieur de vous!



Voulait être votre sueur.

Drain de votre corps,

Parcourez vos courbes,

Je sèche sur vos vêtements.



Voulait être vos mains,

avec eux pointant dans ma direction.

Et une volonté de ne pas le contrôle,

Tenez sur mon corps et devenir le vôtre!

Moi disse...

Dark,
Acho que ficou no ponto com o teu remate... mas também, com as nossas semelhanças! ;)



Que o teu fim de semana também tenha sido bom!



Beijinhos

Moi disse...

António,
É verdade sim, o desconhecido atrai... e só correndo atrás se avança!




Beijo

Moi disse...

Assiria,
Sempre uma lufada de ar poético por aqui fica quando passas...


Saudades tuas também... e sei que ando em falta!



Beijinhos

Moi disse...

Exotic teen,

Merci!


:)

Secreta disse...

O desconhecido faz parte do nosso caminho.
Beijito.

Litus disse...

É o calor de viver que nos guia e aproxima do desconhecido, esse abrigo ou abismo que retribui a atenção de quem o desperta, mas que sempre podemos apropriar nosso ou simplesmente abandona-lo...eswcolha dos actores que afivelam a sua máscara.

Excelente página, fico fiel leitor.

Bjs

Moi disse...

Secreta,
Faz sim, sempre!



:))

Moi disse...

Litus,
Obrigado pela visita e pelas palavras!

O desconhecido simplesmente faz mover o mundo... as maiores descobertas sempre foram feitas por quem quis ir mais além.